Três tentativas de fuga são registradas em presídios do Piauí durante o período carnavalesco

A tentativa de fuga foi abortada graças ao planejamento organizado pela Secretaria de Justiça do Estado junto aos presídios do Estado para o período de Carnaval

Uma tentativa de fuga foi abortada, no início da madrugada desta quinta-feira (15), na Penitenciária Mista de Parnaíba. Dois presos serraram a grade da cela e tentaram escapar pelo teto da ala, quando foram interceptados pelos agentes penitenciários de plantão.

Foto: divulgação/Sejus

De acordo com o gerente da unidade penal, Fernando Caldas, a tentativa de fuga foi abortada graças ao planejamento organizado pela Secretaria de Justiça do Estado junto aos presídios do Estado para o período de Carnaval.

“Aumentamos a fiscalização nesse período, que carece de mais atenção, reforçando as rondas e colhendo informações úteis para evitar quaisquer tipos de distúrbios. Felizmente, tivemos sucesso no nosso trabalho”, pontua Caldas.

Essa é a terceira tentativa de fuga abortada pela Secretaria de Justiça nesta semana. Nas últimas terça (13) e quarta (14), foram presos foram impedidos de fugir na Penitenciária de Bom Jesus e Casa de Custódia de Teresina, respectivamente.

Na Casa de Custódia, 16 presos foram impedidos de fugir, nesta quarta-feira (14). Os detentos iniciaram a escavação de um túnel, em uma das celas, mas foram avistados pelo policial militar de plantão, que acionou a equipe de segurança do presídio.

O buraco encontrado tinha 1,30 metro e foi tapado logo após ter sido contida a tentativa de fuga. Além de policiais militares e agentes penitenciários da unidade, 20 militares da Força Tática e Tropa de Choque foram acionados, por prevenção, para dar suporte.

Também na Penitenciária de Bom Jesus, uma tentativa de fuga foi evitada nessa terça (13). Presos serraram grades de duas celas, mas os policiais militares e agentes de plantão identificaram e evitaram que os detentos fugissem.

“Durante o Carnaval, intensificamos a fiscalização e monitoramento dos presídios, de modo que, com informações do Núcleo de Inteligência e agindo preventivamente, conseguimos abortar essas tentativas de fuga e outros problemas”, pontua o secretário de Justiça, Daniel Oliveira.

Foto: divulgação/Sejus

O secretário de Justiça também realizou vistoria na Casa de Custódia, acompanhado do diretor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, delegado Carlos César. Os dois órgãos trabalham em conjunto para manter a ordem no sistema prisional do Estado.

COMPARTILHAR