Litoral sem registros de afogamentos no Carnaval

Corpo de Bombeiros reforça ações no Centro Integrado

Com o Centro Integrado de Segurança Pública a Secretaria de Segurança reforçou todas as ações para o Carnaval no litoral do Piauí. A prevenção tem sido fundamental, como o patrulhamento aéreo e o trabalho do Corpo de Bombeiros.

Exemplo disso é a praia da Pedra do Sal, em Parnaíba, local onde normalmente se registra casos de afogamento devido as fortes ondas. Até o final do terceiro dia de Carnaval nenhuma ocorrência foi registrada.
“Estamos com oito guarda-vidas divididos nos dois principais pontos da praia. Orientamos os banhistas e mantemos vigilância permanente, também com o apoio do helicóptero da PMPI. Com isso, não tivemos nenhum incidente registrado. Está sendo um período tranquilo para todos”, afirmou o Subtenente Conrado, do Corpo de Bombeiros.
“Uma das finalidades do helicóptero no litoral é apoiar o Corpo de Bombeiros em situações de afogamento. Já tivemos que resgatar banhistas mais afoitos em períodos anteriores. A aeronave garante mais rapidez e assim, ajudar a salvar vidas”, explicou o Coronel Saraiva, Comandante do Grupamento Tático Aéreo de Policiamento (GTAP).
“No mesmo período do ano passado não tivemos afogamentos, mas foram 20 pessoas retiradas da água porque estavam em risco. Agora, entramos no último dia de Carnaval sem nenhuma ocorrência. Isso se deve a vários fatores, como o trabalho de prevenção feito pelo Centro Integrado, o apoio da imprensa e claro, as blitzen que terminam preocupando o banhista quanto ao consumo excessivo de álcool, uma das causas de afogamentos”, concluiu o Coronel Emídio Oliveira, coordenador do CBM no Centro Integrado.
Além de todo o litoral, o Corpo de Bombeiros tem equipes trabalhando em Bocaína, Água Branca, Floriano e Picos, onde até o momento também não foram registradas ocorrências.
COMPARTILHAR