Mulher que foi esfaqueada e atropelada até a morte é identificada

A mulher que foi brutalmente morta na manhã de ontem (15), nas proximidades da Avenida Maranhão, zona Sul de Teresina, foi identificada pela polícia como Aretha Dantas Claro, de 32 anos. A vítima trabalhava como cabeleireira e era moradora do bairro Bela Vista, também na zona Sul.

Areta foi morta com vários golpes de faca e também foi atropelada.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e também pelo núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, já que a vítima se trata de uma mulher.

vítima de feminicídio
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
vítima de feminicidio
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)