Brasil vence Superclássico contra a Argentina com gol nos acréscimos

Zagueiro faz de cabeça após cobrança de escanteio do craque, em sua sexta assistência depois da Copa. Atuação, entretanto, não foi das mais empolgantes

A seleção brasileira não foi brilhante, mas conseguiu vencer a Argentina por 1 a 0, nesta terça-feira, na Arábia Saudita, e conquistou mais um Superclássico das Américas. O gol da vitória foi marcado pelo zagueiro Miranda, de cabeça, nos acréscimos.

O craque Neymar teve uma atuação razoável. Posicionado na ponta esquerda, como gosta de jogar, prendeu demais a bola e não criou tantas chances de gol. Também não estava com o pé calibrado nas cobranças de falta e acabou passando em branco. O cruzamento para o gol, no entanto, saiu dos seus pés.

Miranda Brasil x Argentina (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)

A Argentina, mesmo sem Lionel Messi, fez uma partida equilibrada contra o Brasil, tanto no primeiro como no segundo tempo. Teve até boas chances de marcar, mas desperdiçou todas elas.

“É sempre complicado vencer a Argentina. Nossa equipe está melhor que a deles, pois tem a mesma base há muitos anos. Eles vêm em um processo de renovação… Acho que foi um jogo completo e vencemos… isso é importante”, disse o lateral-esquerdo Filipe Luís.

“Fico feliz. Primeiramente, em poder ajudar meus companheiros e fazer um gol contra a Argentina é sempre gratificante, emocionante… Esse gol vai para todos aqueles que sempre acreditaram em mim… Minha família está em casa assistindo e torceu muito…”, afirmou o zagueiro Miranda, herói do dia.

Na comemoração do título, Neymar, o capitão, foi quem levantou a taça.

COMPARTILHAR